Categorias
Saúde

Síndrome do Ovário Policístico, o que comer?

Já ouviu falar em Síndrome do Ovário Policístico (SOP)?

A SOP é uma condição que afeta aproximadamente 8 a 13% das mulheres em idade fértil e está associada a disfunções metabólicas e reprodutivas:

Reprodutivas: Ovulação reduzida, ciclo menstrual irregular, hiperandrogenismo (excesso de alguns hormônio andrógeos como testosterona) e infertilidade.

Metabólicas: resistência a insulina; Aumento do risco de diabetes mellitus tipo 2, doenças cardiovasculares e síndrome metabólica

O excesso de peso, especialmente a obesidade, pioram esse quadro, tornando mais importante o controle do peso 🙂

Para reduzir o risco de complicações metabólicas é importante sair do sedentarismo e manter uma alimentação equilibrada:

1. Aumentar consumo de fibras e carboidratos de baixo índice glicêmico ( cereais integrais, frutas, verduras e legumes)

2. Reduzir consumo de gordura saturada e trans (industrializados, carnes gordas)

3. Reduzir consumo de açúcares e carboidratos de alto índice glicêmico (farinhas brancas, doces, balas, industrializados)

Reduzir os carboidratos não significa ingressar em uma dieta cetogênica, uma pequena redução (40% do valor calórico total) e melhora da qualidade já apresenta bons resultados!

Há ainda algumas estratégias nutricionais como suplementação de picolinato de cromo e inositol, que deve ser avaliada individualmente!

Um bom nutricionista pode te ajudar 🙂

Com carinho,

Isabela

#sop #sindromedoovariopolicistico #alimentaçãosaudável #sopealimentação #dietaparasop #dietaparasindromedoovariopolicistico #sopedieta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *